quarta-feira, 30 de novembro de 2016

LADISLAU UCHA FOI A ENTERRAR ESTA MANHA EM BISSAU
Durante toda a sua vida "Dalau" foi um Monstro em defesa da musica e cultura guineense. De "Juventude Coburnel" a Issabary, passando por Africa Livre, a morte deste promotor deixou o pais mais pobre ainda.
Esta manha, acompanhado pelos seus amigos, colegas e familiaresele foi para o seu lugar Eterno. Tal como nao deixava de ser, esteve presente uma guitarra...e de resto... as imagens falam por si so.
So Long my brother
Sarathou Nabian, Justino Delgado, Manecas Costa Carlos Uissa, Aniloin Indamini,

Crise política


O representante da União Africana na Guiné-Bissau, Ovídio Pequeno está reunido com as delegações do PAIGC, UM e PCD, na sua sede em Bissau.
A reunião que começou por volta das 16h ainda está a decorrer.
Três das cinco formações políticas que compõem o parlamento da Guiné-Bissau, Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Partido da Convergência Democrática (PCD) e União para Mudança (UM), recusam-se a fazer parte do Governo, que pretende ser de inclusão para tirar o país da crise política em que se encontra há 15 meses.
Os três partidos não concordaram com o nome de Sissoco Embaló, um general na reserva de 44 anos, proposto pelo chefe do Estado guineense, José Mário Vaz, como primeiro-ministro.
Por: Alison Cabral
 
O primeiro-ministro guineense, Umaro Sissoco disse ter sido aconselhado pela líder liberiana, Ellen Johnson, a convencer os demais partidos a integrarem o seu Governo, disse à Rádio Nacional no regresso de uma viagem de algumas horas à Libéria na terça-feira.
Três das cinco formações políticas que compõem o parlamento da Guiné-Bissau, Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Partido da Convergência Democrática (PCD) e União para Mudança (UM), recusam-se a fazer parte do Governo, que pretende ser de inclusão para tirar o país da crise política em que se encontra há 15 meses.
Os três partidos não concordaram com o nome de Sissoco Embaló, um general na reserva de 44 anos, proposto pelo chefe do Estado guineense, José Mário Vaz, como primeiro-ministro.
Johnson é a atual presidente em exercício da conferência de chefes de Estado da Comunidade de Estados da Africa Ocidental (CEDEAO), que tem tentado levar os líderes políticos guineenses a um entendimento para acabar com a crise no país.
O novo primeiro-ministro guineense afirmou ter tido uma conversa de mais de duas horas com a presidente da Libéria e a partir de hoje irá pôr em prática os conselhos que recebeu no sentido de tentar convencer sobretudo o PAIGC a integrar o Governo.
O PAIGC é o vencedor das últimas eleições legislativas na Guiné-Bissau mas tem estado arredado do poder em decorrência de um crise interna e de desentendimentos com o chefe do Estado.
Em declarações aos jornalistas que acompanharam o primeiro-ministro guineense, Ellen Johnson, exortou Umaro Sissoco Embaló no sentido de envolver o chamado P5, espaço de concertação entre os representantes da ONU, União Europeia, União Africana, Comunidade de Países de Língua Portuguesa e CEDEAO, em Bissau, na busca de diálogo com o PAIGC.
Sissoco Embaló prometeu acatar o conselho mas avisou que irá avançar com a sua equipa governamental caso persistir a recusa do PAIGC em integrar o novo executivo.

MARCOS GALINA diariamente chegam-nos excelentes informações sobre ti. Diga só uma coisa: algumas vez viste um atirador a manifestar vitória antes de atingir alvo?

Ku Doka bu safa, má ku nós, unson na murri.

PAIGC digno, apesar de mandos e desmandos de José Mário vaz



Com essa atitude - mais pedagógica do que política - o PAIGC tem vindo a trilhar um caminho nunca antes visto na história da Guiné-Bissau!
Como cidadão neutro, imparcial interpreto essa fase da nossa "jovem democracia", como sendo uma fase em que PAIGC está a dar lição de moral, dignidade, respeito, justiça, etc. , para a sociedade Bissau-Guineense e em particular a classe política!
Porque apesar dos mandos e desmandos, abuso de poder - só não vê quem não quer - o PAIGC mantém-se firme e digno!
Isso é de louvar e ter em conta! Pois, a história não se repete mas ensina muito.
(OBRIGADO PAIGC POR ESSA ATITUDE! QUE SEM DARMOS CONTA, ACABA POR DIGNIFICAR OS BONS FILHOS DA GUINÉ-BISSAU).

Autor: ALC
O Novo Governo da Guiné-Bissau, liderado pelo General Omar Sissoko Embalo, decidiu inovar dando oportunidade e desafiando os mais jovens Líderes políticos do País, para integrarem o seu Governo, nomes em destaque:  

Dr. Policiano GOMES, líder do Partido Democrático para o Desenvolvimento (PDD).
Licenciado em Jornalismo e Pós- graduação Geopolíca e as Relações Internacionais, no Paraná- Brasil. Funcionário da Prematura e ex - Chefe de gabinete do Ministro de assuntos parlamentar e porta voz do Governo.  

Será, SECRETÁRIO DE ESTADO DA COMUNICAÇÃO SOCIAL,





 Dr. Secuna BALDÉ, líder do Partido Socialista da Guiné-Bissau (PSGB).
Graduado em Turismo e Pós-graduado em MBA em gestão Empresarial e de Pessoas, no Brasil. Atualmente, Ministro-Conselheiro da Embaixada da Guiné-Bissau no BRASIL

 Será, SECRETÁRIO DE ESTADO DE TURSISMO

AS EMBAIXADAS DA GUINÉ-BISSAU VÃO FECHAR AS PORTAS A PARTIR DIA 05/12 - Segunda-Feira.

Devido à falta de pagamento dos respetivos salários durante 09 meses, os diplomatas guineenses resolveram fechar as EMBAIXADAS por um período indeterminado. 
Os diplomatas endividados, vivendo numa miséria total sem esperança de receberem os seus respetivos salários, resolveram fechar as embaixadas até que sejam pagos no mínimo QUATRO meses dos seus salários. Lamentamos informar todos os cidadãos guineense na diáspora desta decisão, que não é da nossa vontade, somos obrigados a tomar essa decisão devido ás circunstâncias.
Como é de conhecimento de todos, os Diplomatas são soldados da Pátria, muitos e muitos de nossos colegas morrem na miséria, vivem e trabalham na miséria, sacrificados em nome Pátria. Agora chega, temos as nossas famílias e futuro dos nossos filhos a preservar. Por esses e outros motivos viemos aqui hoje publicamente perante diáspora Guineense, que sempre nos estendeu as mãos nos momentos mais difíceis das nossas vidas, quando não temos o que comer com as nossas famílias, quando somos expulsos das nossas casas sem poder pagar as rendas.
Hoje viemos pedir as nossas sinceras desculpas por não podermos mais prestar os nossos serviços a vocês  por um tempo indeterminado, esperamos que entendam a nossa situação.
Pedimos ao todos os guineenses, as nossas sinceras desculpas, pela nossa decisão, por que não temos mais capacidade moral, emocional e principalmente financeira  para continuar a fingir que representamos o País, enquanto não conseguimos olhar nos olhos das nossas famílias, enquanto os nossos filhos não podem ir para escola e  muito menos ter um teto pago com suor do pai, é vergonhoso mendigar trocadinhos na mão de  colegas diplomatas de outros Países.   
Obs. É para dizer, que é muito triste informar a todos, depois de muitos contatos com diferentes Embaixadas, percebemos que alguns (Embaixadores) recusaram aderir o bloqueio, porque estão recebendo seus salários normalmente escondidos de diplomatas afeto a sua Embaixada.   

Bem, haja a todos!

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Primeiro Ministro Umaro Sissoco Embalo chegou esta manha, 29/11/2016 em Monróvia

 
O Primeiro Ministro Umaro Sissoco Embalo chegou esta manha, 29/11/2016 em Monróvia para um contacto prévio com a Presidente da Libéria, Presidente em exercício da CEDEAO, isto após ter auscultado todos atores políticos signatários do acordo de Conakry com vista a formação do Governo. Sissoco Embalo e Helen Jonson vão se encontrar dentro de alguns minutos num almoço oferecido pela chefe de Estado da Libéria a comitiva do PM. Sissoco Embalo pretende com esse encontro, restituir a Presidente em Exercício da CEDEAO o resultado das negociações havidas em Bissau na perspectiva de formação de um Governo inclusivo que dirigirá o país até as próximas eleições legislativas em 2018.

Fonte: Tirado abusivamente do facebook de Abduramane Turé
Tirador por: Bissiadur di Facebook

Nota GP: Umaro Sissoko, lóbi lebau até nundé ku bu tchiga, má ikana passantau poder na Guiné-Bissau. djanty bu riba bu bin sai fora.

Movimento de Cidadãos Conscientes e Inconformados - Informação:

Amanha, as 17horas, reunião do MCCI, na Casa dos Direitos, para o alargamento dos membros da Direção. Os interessados estão convidados.
Que saiamos da zona do conforto e do Facebook, que tenhamos a coragem de estar no fórum adequado, para entender as coisas, criticar e lutar para mudar o que de mal anda. Caso contrario, continuaremos a condenar sem julgamento e atirando pedras injustamente.
Se não der, provavelmente haverá mais oportunidades, pois pretendemos fazer uma audiência publica para discutirmos o Estado da Nação. Informaremos a data e o local brevemente.
Juntos pela Guiné-Bissau
Desistir, NUNCA!
POVO I KA LIXU!

TOMEM CUIDADO: A SOCIEDADE JOMAV/bIAGUÊ NAN TAN É EXPLOSIVA

NÃO HÁ NINGUÉM NESTE MUNDO QUE PERCEBEU A NOMEAÇÃO DE UMARO SISSOKO A NÃO SER OS DOIS.
HÁ MUITA TENSÃO NOS QUARTÉIS. MUITA TENSÃO MESMO. MOKTAR UMARO SISSOKO EMBALÓ, É GENERAL E NÃO TEM NENHUM DESPACHO DE NOMEAÇÃO.
UMARO SISSOKO PASSA O TEMPO A AMEAÇAR E A CHANTAGEAR MILITARES COM NÍVEL.
NO BAI SON.

Fonte: Militar em activo

CERIMÓNIAS FÚNEBRES DE FIDEL CASTRO: PAIGC envia a Havana o ex-primeiro-ministro Carlos Correia, e o comandante 'Manecas' Santos. AAS

Copi Colé: PAIGC em peso no funeral de Fidel Castro

CERIMÓNIAS FÚNEBRES DE FIDEL CASTRO: Ex-primeiro-ministro Carlos Gomes Jr., desloca-se a Havana a convite do governo de Cuba. AAS




Nova era e novos caminhos ou consequência da crise: Carmelita Pires pede demissão do cargo de presidente do PUSD. Mindjer di djintis sta ba bem na Governo JOMAV lanta ku si bati bati